Uma das dúvidas mais comuns de empresários hoje em dia é como definir um bom orçamento de marketing digital no início dos investimentos.

Afinal, você já reconhece que esse tipo de estratégia pode ajudar a sua empresa a crescer e alcançar um novo nível no mercado, mas não sabe bem qual o padrão da área e nem quanto deve investir para garantir o retorno esperado.

Ainda bem que existe uma maneira fácil de descobrir qual o valor ideal para a sua empresa começar a investir em marketing digital. Quer saber como? Então continue a leitura!

question-mark

Existe um orçamento de Marketing Digital ideal para iniciantes?

Muitos empresários começam a experimentar o marketing digital com um orçamento pequeno para testar os seus resultados, e depois passam a investir mais quando percebem o retorno obtido.

Não existe nada de errado nisso. Essa é uma estratégia comum e recomendada para quem ainda tem dúvidas sobre o que ele pode fazer para a sua empresa.

O problema é que um “orçamento pequeno” para a Empresa X, pode não ser a mesma coisa para a Empresa Y.

A verdade é que não existe um valor específico recomendado para qualquer empresa que queira começar nessa área.

Uma das características do Marketing Digital é que ele potencializa a verba disponível para atuação.

Se você investir R$ 1000 no desenvolvimento de um site, por exemplo, receberá o retorno gerado por esse investimento nessa plataforma. Se investir R$ 10 mil na otimização SEO do seu site, terá o retorno específico para essa verba e ação.

Assim, não há uma quantia ideal para iniciar a trabalhar com o marketing digital. O que existe é um valor recomendado para os objetivos específicos de cada empresa.

Para determinar qual o valor correto para você começar a investir nessa área, precisamos falar de alguns pontos específicos.

O que considerar para fazer o orçamento da minha empresa?

Para saber quanto você deve investir em Marketing Digital no começo, você precisará responder algumas questões sobre a sua companhia. Vamos a elas:

Qual o seu histórico de vendas?

A sua média atual de vendas ajudará a determinar quanto você terá a disposição para investir no marketing digital no começo, mas também dará uma base para comparar os efeitos das ações realizadas.

Basicamente, você pode determinar uma porcentagem do valor de cada venda para ser reinvestido em marketing. Dependendo da quantidade de vendas, sua empresa pode escolher 1%, 2% ou até mesmo 10% do lucro obtido em cada produto para ser investido no próximo mês.

digital-marketing

Qual o seu objetivo?

Uma das forças do marketing digital é a sua capacidade de criar soluções para os mais diversos tipos de objetivos das empresas.

Quer vender mais? Tudo bem. Pretende fazer um trabalho de branding? Ok, também. Seu objetivo é educar o mercado sobre seus produtos? Sem problemas, o marketing digital tem a solução para isso.

Cada um desses objetivos exigirá uma ação diferente e, claro, um valor diferente para ser investido. O mesmo orçamento inicial para aumentar suas vendas pode não ser o suficiente para uma ação de branding, por exemplo.

Qual canal de aquisição de clientes funciona melhor para você?

Sua empresa já deve ter diferentes plataformas de aquisição de clientes em funcionamento atualmente. Talvez um site, uma rede social e um sistema de e-mail marketing, por exemplo.

Aquele canal que funciona melhor, deverá receber prioridade na hora de formular seu orçamento.

O site está funcionando bem? Então que tal otimizá-lo para ter maior destaque no Google? Investindo nas suas principais forças significa potencializar o seu investimento e obter um retorno maior.

 

Qual é o ciclo de vida que você deseja?

Uma campanha digital pode ter os mais variados prazos e isso depende dos objetivos que foram definidos. A campanha promocional de lançamento de um produto, por exemplo, pode ter um ciclo de vida curto, afinal, a proposta é monetizar de forma rápida.

Já a aquisição mensal de novos clientes depende de um prazo maior e uma estratégia a médio/longo prazo. Em termos de orçamento de marketing, isso impacta de forma significativa nas finanças, pois uma campanha de curto prazo demanda um investimento maior de uma única vez, enquanto um planejamento de longo prazo possibilita dividir o investimento por partes, aumentando ou diminuindo os valores conforme desejado.

Dicas de planejamento

Já que falamos que um orçamento de marketing depende de um bom planejamento, então é válido mostrar como fazer isso de fato. Confira a seguir algumas dicas sobre essa importante etapa do processo.

Avalie as suas experiências anteriores

Em qualquer área da vida, as experiências anteriores servem como referência na tomada de novas decisões. No marketing digital, isso não é diferente.

Certamente, a sua empresa ou você mesmo já investiu em publicidade online, o que traz alguma bagagem de conhecimento, a qual é fundamental nesse novo momento.

Por exemplo, se você já utilizou algum recurso de publicidade digital, tem uma noção de como fazer isso e quanto investir. Se obteve sucesso, a tendência é fazer algo próximo e, no caso de não ter obtido resultados, a tendência é buscar algo diferenciado, o que exige ainda mais pesquisa.

Ampliando esse exemplo, podemos pegar o caso de uma empresa que não obteve êxito fazendo as ações de marketing de forma interna e resolveu contratar uma agência de marketing digital para qualificar o processo.

Ela sabe que vai ter que investir um valor maior, afinal precisa da ajuda especializada e também do pagamento das mídias escolhidas. É claro que é uma escolha que possui excelente custo-benefício, mas é preciso ter esse planejamento financeiro bem alinhado, até mesmo para que a agência possa ter mais condições de ajudar a sua empresa a buscar os resultados almejados.

No caso de já ter trabalhado ou trabalhar com uma agência, é possível utilizar o contrato atual ou anterior como referência para definir o orçamento de marketing necessário.

Veja o quanto você deseja pagar

Para definir de forma precisa o orçamento de marketing, é essencial fazer uma boa pesquisa. Isso vale tanto para quem já tem noção de valores e enxerga nessa busca uma forma de conseguir valores ainda mais atraentes como para quem nunca fez ações do tipo e quer ter ideias sobre os custos.

A maneira de fazer isso é simples, entrar em contato com prestadores de serviços (agências, plataformas de anúncios, entre outros) e assim conseguir uma cotação média para usar como base no seu planejamento.

Esses números ajudam na tomada de decisão sobre o quanto você quer pagar nesse momento e no que deseja investir.

Não trabalhe com orçamentos apertados

Diferente dos outros tópicos, esse não visa responder perguntas e sim trazer uma dica que é crucial para garantir a segurança do seu planejamento: não trabalhar com orçamentos apertados.

Vale frisar que quando falamos em orçamento apertado, não estamos falando de pouco dinheiro, mas sim do direcionamento de valores que ficam muito próximos dos investimentos.

A importância disso é que, com uma boa análise das métricas, é possível perceber o que não está funcionando em uma estratégia e assim mudar o direcionamento das ações. Essas alterações muitas vezes vão demandar valores extras. Por isso, trabalhar sempre no limite pode ser perigoso.

Para não correr tamanho risco, é recomendado sempre colocar uma margem maior de valores disponíveis para cada etapa, o que pode variar entre 10% e 20%. É claro que a disponibilidade de recursos da empresa deve ser respeitada na hora de definir essa margem.

Empresas de porte maior conseguem trabalhar essa questão de maneira mais fácil, mas isso não é impossível para empresas menores, exigindo apenas que haja inteligência na hora de fazer o planejamento e definir as ações. Otimizar recursos ajuda a evitar a perda de tempo e dinheiro.

Com essas ferramentas em mãos, você deverá ser capaz de formular um bom orçamento de marketing para a sua empresa. Então coloque essas dicas em prática e veja como isso vai impactar positivamente nos resultados da sua empresa.

Para ter acesso a mais dicas bacanas como essas, assine a nossa newsletter e receba um conteúdo valioso diretamente no seu e-mail. Aproveite!

quero receber conteúdos exclusivosPowered by Rock Convert

Posts Relacionados

Executivo e Empreendedor com 25 anos de experiencia em Soluções para Internet, Marketing Online e Offline.
Fundador da LinkWell em 1992
Fundador do primeiro guia de Buscas do Brasil – GuiaWEB em 1995
Fundador da Media Virtual, empresa dedicada a comercializar anuncios na internet em 1997
Fundador da primeira Franquia de Soluções para Internet em 2006.
Fundador da Virtualnet, empresa americana especializada em marketing em 2015
Co-Fundador da Doctorscopic, empresa americana especializada na indústria médica em 2016
Fundador da BPO LIST, empresa de gestão de Business Process Outsourcing em 2017

Sandro Herek

Executivo e Empreendedor com 25 anos de experiencia em Soluções para Internet, Marketing Online e Offline. Fundador da LinkWell em 1992 Fundador do primeiro guia de Buscas do Brasil - GuiaWEB em 1995 Fundador da Media Virtual, empresa dedicada a comercializar anuncios na internet em 1997 Fundador da primeira Franquia de Soluções para Internet em 2006. Fundador da Virtualnet, empresa americana especializada em marketing em 2015 Co-Fundador da Doctorscopic, empresa americana especializada na indústria médica em 2016 Fundador da BPO LIST, empresa de gestão de Business Process Outsourcing em 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This