O benchmarking é uma estratégia poderosíssima para empresas que planejam ser mais eficientes em seus processos. Aprender como fazer benchmarking passa pela realização de uma análise aprofundada acerca de práticas, serviços e metodologias utilizadas pelo seu negócio ou pelos concorrentes.

Por meio dessa estratégia, as empresas criam pontos de referência e ganham coragem para evoluir, evitando, assim, a tão problemática zona de conforto. Ampliar a competitividade passa muito por essa capacidade de entender as movimentações do mercado.

Com o intuito de detalhar o funcionamento desse processo, criamos um panorama para que você possa entender tudo sobre ele. Acompanhe conosco a leitura!

Benchmarking interno

Esse formato de benchmarking visa a estudar e a encontrar as melhores práticas para serem aplicadas dentro da empresa. É um excelente recurso para padronizar as operações e tem grande funcionalidade em processos de expansão.

A adoção de práticas mais eficientes facilita a gestão, a análise da performance e o constante monitoramento dos demais resultados.

Benchmarking competitivo

Nessa modalidade, o intuito principal é analisar detalhadamente as ações da concorrência. Somente um mapeamento bem-feito trará as ferramentas necessárias para superá-la ou manter-se à frente dela.

Cabe lembrar que esse é um processo desafiador, visto que a maioria das empresas concorrentes não torna públicos os seus processos, sendo difícil entender em detalhes como funciona a atuação delas.

Benchmarking funcional

Aqui, temos a comparação entre os processos de trabalho da sua organização com os das organizações-modelo, mesmo que elas sejam de segmentos diferentes. Essa é uma forma de estudar cases de sucesso e agregar, com isso, conhecimento a ser aplicado dentro da sua empresa.

Benchmarking cooperativo

Como indica o próprio nome, temos, nesse caso, um processo de cooperação. É estabelecida uma parceria entre duas ou mais empresas, na qual são compartilhadas informações relevantes acerca dos seus processos.

O benchmarking cooperativo não é apenas uma mera troca de informações pelo fato de as empresas terem pontos de referência diferentes, o que acaba ampliando a visão estratégica de ambas.

Dicas de como fazer benchmarking

Seja qual for o modelo, saber como fazer benchmarketing exige a realização de algumas ações. Conheça quais são elas a seguir.

Definir objetivos

Definir claramente suas metas e objetivos é o primeiro passo para fazer benchmarking, afinal, o processo precisa ser muito bem direcionado, o que se tornaria impossível sem a definição do que está sendo buscado.

Buscar referências

Quais são as suas referências? Já que o benchmarking trabalha com um ponto referencial, é imprescindível listar os seus modelos de excelência para verificar como eles chegaram aos resultados que a sua empresa pretende alcançar.

Aprender com os resultados

O benchmarking, por ser uma análise aprofundada, pode apontar alguns erros bastante incômodos e forçar algumas mudanças para eliminá-los. Diante desses fatores, é necessário estar aberto a mudanças e a colocar em prática o seu aprendizado com os resultados obtidos no processo.

Aprender como fazer benchmarking corretamente é uma das formas mais proveitosas de utilizar o seu tempo para estudar a atuação da sua empresa. Muitas vezes, esse estudo é feito de maneira não produtiva, o que pode ser evitado com a utilização de uma estratégia de benchmarking, já que ela reúne todos os elementos necessários para o seu negócio alcançar a excelência.

Quer acompanhar o nosso trabalho e ter acesso a outras dicas relevantes como essas? Então, curta a nossa página no Facebook e fique de olho em nossas postagens!

quero receber conteúdos exclusivosPowered by Rock Convert

Posts Relacionados

Sandro Herek

Executivo e Empreendedor com 25 anos de experiencia em Soluções para Internet, Marketing Online e Offline. Fundador da LinkWell em 1992 Fundador do primeiro guia de Buscas do Brasil - GuiaWEB em 1995 Fundador da Media Virtual, empresa dedicada a comercializar anuncios na internet em 1997 Fundador da primeira Franquia de Soluções para Internet em 2006. Fundador da Virtualnet, empresa americana especializada em marketing em 2015 Co-Fundador da Doctorscopic, empresa americana especializada na indústria médica em 2016 Fundador da BPO LIST, empresa de gestão de Business Process Outsourcing em 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This